Reciclagem de Vidro

Saiba por que o vidro é a embalagem mais amiga da natureza.
VIDRO1

 

Reciclar vidro é mais econômico do que produzi-lo. Produzir um novo vidro exige o uso dos insumos básicos como a areia, o calcário, o carbonato de sódio e equipamentos de elevação de temperatura. Na reciclagem do vidro usado, todos esses componentes são naturalmente reutilizados.

 

 

 

VIDRO2

 

O vidro é um material facilmente reciclável, não possui substâncias tóxicas e nocivas ao meio ambiente. A sua produção não implica em poluição atmosférica, pois boa parte dos fornos atuais utilizados para a sua fundição são ligados pela energia elétrica. Muitas fábricas utilizam o gás natural no lugar da eletricidade para diminuir os custos de produção e diminuir o impacto ambiental.

Veja aqui o infográfico sobre reciclagem do vidro no Brasil. 

 

 

Importância

A reciclagem do vidro é de extrema importância para o meio ambiente. Quando reciclamos o vidro ou compramos vidro reciclado estamos contribuindo com o meio ambiente, pois este material deixa de ir para os aterros sanitários ou para a natureza (rios, lagos, solo, matas). Não podemos esquecer também, que a reciclagem de vidro gera renda para milhares de pessoas no Brasil que atuam, principalmente, em cooperativas de catadores e recicladores de vidro e outros materiais reciclados.
Coleta seletiva

Uma das etapas mais importantes no processo de reciclagem de vidro é a separação e coleta seletiva do vidro.  A reciclagem do vidro preza pela qualidade perfeita do material. Para isso, é feita uma análise do vidro coletado para separar os diversos tipos de vidro e eliminar rótulos, tampas, impurezas e outros materiais que possam contaminar a reciclagem, para depois fazer uma lavagem dos vidros.

Saiba onde descartar seus resíduos:

http://www.ecycle.com.br/postos/reciclagem.php

Tipos de vidros recicláveis:

- Garrafas de sucos, refrigerantes, cervejas e outros tipos de bebidas;

- Potes de alimentos

- Cacos de vidros

- Frascos de remédios

- Frascos de perfumes

- Vidros planos e lisos

- Pára-brisas

- Vidros de janelas

- Pratos, tigelas e copos (desde que não sejam de acrílico, cerâmica ou porcelana)

 

Processo de reciclagem:

A reciclagem do vidro ocorre principalmente por meio do derretimento do vidro antigo para a geração de um novo. No processo de reciclagem o vidro é selecionado por cores: incolor, verde e marrom.

Na maioria dos casos, os vidros encontrados nos lixões são provenientes do lixo doméstico e comercial, abrangendo garrafas, lâmpadas incandescentes, molduras, janelas e potes de conservação para alimentos.

Há dois processos básicos de reciclagem: derretimento e moagem.

 

Derretimento:

Processo mais comum e mais conhecido, requer menor energia para a fundição. Nesse processo o vidro é rederretido e é muito utilizado em escala industrial.

Veja o processo de derretimento no vídeo abaixo:

 

Moagem:

Na moagem o vidro moído pode ser adicionado ao cimento como reforço ao material de construção, eliminando a necessidade de adição de componentes agregados na construção civil. Nesse processo, o vidro é moído ou quebrado em cacos. Porém, a sua utilização no cimento tem exigido maiores pesquisas para determinar o grau da reação álcali-agregado, pois o vidro é composto por sílica substância que pode reagir ao álcalis do cimento em meio aquoso, comprometendo a qualidade do concreto.

 

Para saber mais, consulte o infográfico sobre reciclagem do vidro no Brasil, clicando aqui.

Clique aqui e descubra onde descartar seus resíduos.