Reciclagem

Elaborar e desenvolver produtos para finalidades diversas tem sido uma constante na história da humanidade, desde os primeiros registros de seu aparecimento na Terra, há cerca de  1,5 milhão de anos. A matéria-prima sempre originada da natureza foi considerada por muitos milênios como uma fonte inesgotável e, por essa razão, nunca foi muito valorizado “reaproveitar” materiais e usá-los de forma consciente.

A proposta de reciclagem não é nova, mas ainda assim, é bem mais recente. Por exemplo, segundo o site da Associação Brasileira de Celulose e Papel (Bracelpa www.bracelpa.org.br), a reciclagem  de papéis já tem mais de cem anos e iniciou dentro das indústrias produtoras de papel e celulose.

Da mesma forma, na Ásia, no Oriente Médio e na Europa, as antigas civilizações há milênios se sucediam e  reutilizavam prédios e materiais de construção retirados de ruínas das civilizações anteriores, sendo muito comum a construção de uma cidade sobre a outra, como em Jerusalém onde já foram encontradas mais de 7 cidades superpostas em escavações arqueológicas.

Para entender o conceito, reciclar “é o ato de tornar útil e disponível novamente o material que já foi utilizado anteriormente dentro de um sistema, eventualmente através de um processo de transformação físico-química. Materiais que seriam descartados como lixo tornam-se novamente matéria-prima para a manufatura de bens, reduzindo a extração de recursos naturais.”

Para facilitar seu aprofundamento no assunto, organizamos a seguir diversas matérias sobre  reciclagem, de acordo com os produtos a serem reciclados. Antes sugerimos que você veja o  vídeo a HISTÓRIA DAS COISAS no qual são explicadas a cadeia produtiva e a necessidade do bom uso dos materiais, com dados bastante interessantes sobre desperdício e mau uso dos recursos.